sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Mortos em Combate

Bem no centro da parada, agarrada ao sopé do pau de bandeira, um pequeno memorial ali deixado por veteranos que nos antecederam, relembrava aqueles que tombaram em combate em sagas antigas.
A imagem preservou para a posteridade o seus nomes e as companhias a que pertenciam.

Recorda-se assim:

1966 - Cabo Canhadeiro da C.Caç. 1521
1966 - Soldado A. Costa da C.Caç. 1521
1967 - Soldado Maximino da C.Cav 1694
1967 - Soldado Brejo da C.Cav. 1694
1967 - Soldado F. Silva da C.Cav 1694
1967 - Grumete Fuzileiro João da LDP 210

A estes, acrescentámos os nossos saudosos:

1972 - Furriel José Maria Nóbrega Gonçalves da C.Caç. 3441
1972- Grumete Fuzileiro Celestino Mesquita de Carvalho (o Ruço) da LDP 210
relembra-se ainda o soldado Ilídio Gonçalves Morgado, falecido em Dezembro de 1973, na sequência de acidente, quando já em Luanda apenas se aguardava o transporte que nos trouxe de regresso a casa.

Sem comentários: