quarta-feira, 29 de junho de 2022

 

C. CAÇ 3441

ENCONTRO DE MAIO DE 2022

Decorreu no passado mês de maio de 2022 mais uma almoço da C. Caç 3441, reunida em Castelo Branco, com a organização do companheiro Vilela, um dos elementos sempre ativos e disponíveis deste o início destes encontros nesta Companhia; Companhia sempre viva e unida pelos tempos que vierem.

O número dos que se dispuseram a estar presentes nestes tempos ainda arriscados da covid-19, foi de facto diminuto, o que se compreende porque a idade não perdoa e são os "velhotes" os que mais se arriscam nestes encontros.

Mas tenho que realçar e manifestar o meu orgulho pela fraternidade que ainda e sempre há de prevalecer neste grupo, constituído numa espécie de família de guerra, que os praticamente 50 anos de existência não conseguiu destruir.

O encontro foi mais uma "operação" ao estilo do rio Cúbia, com um grupo unido e fortalecido pela amizade e espírito de grupo, que a própria Nerriquinha, com o seu isolamento das "Terras do fim do mundo", sempre nos marcou.

Enquanto por aqui andar lá estarei sempre nos próximos encontros, que tenho a certeza continuarão a ocorrer, tenham eles lugar neste nosso torrão, ou mesmo na Nerriquinha, se houver ocasião para lá voltarmos... 

A Nerriquinha parece reocupada, pelo que será de admitir que venhamos até a ser convidados para a inauguração daquilo que por lá estão a construir...

Se passarem pelo Google Earth hão de verificar que aquilo começou a ser limpo, pelo menos para já, desconhecendo-se para que fim. Eu diria para uma estalagem para caçadores. Se os estalajadeiros precisarem de pisteiros e houver por aí algum interessado, fica a notícia...

Deixando aqui sempre imagens dos encontros da C. Caç 3441, desta vez dividimos os presentes por Grupos de Combate. Como hão de verificar, com estes guerreiros haveria grupos de combate sem grande poder de fogo e comando adequado.

Com o abraço amigo de sempre do jovem capitão que vos calhou em sorte, até à próxima "operação", esperando que o IN (covid-19) esteja nessa altura mais brando e derrotado.

Até sempre.

Pedro Cabrita


IMAGENS DO ENCONTRO

(Para melhor ver as imagens, clique sobre a imagem)



Recordando o TR-28... em versão moderna.

1º Grupo de Combate

2º Grupo de Combate

3º Grupo de Combate

4º Grupo de Combate

Formação e Serviços







O imprescindível bolo do convívio






terça-feira, 30 de novembro de 2021

Faleceu o Carlos Costa Martins

 

Para quem ainda se lembra, o Costa Martins foi um dos cabos especialistas da Força Aérea que esteve destacado na Neriquinha e ali passou uns tempos connosco, na sua missão de assistir às coisas das comunicações necessárias ao pouco tráfico de aviões que aportavam uma vez por semana ao pequeno aeródromo poeirento que constituiu o que pomposamente chamávamos de pista de aviação. De todos os FAP’s que por ali passaram, sempre aos pares e rodando com alguma frequência, este foi ó único que nos adoptou e, mutatis mutandis, foi adoptado por nós, comparecendo por diversas vezes aos almoços anuais da companhia. Talvez por isso, considerávamo-lo um dos nossos.

Partiu, cedo demais, deixando aquele sabor amargo que sempre fica quando se vê partir um amigo.

À família enlutada, as sentidas condolências da malta da 3441.









segunda-feira, 27 de maio de 2019




C. CAÇ. 3441

25 DE MAIO DE 2019

Mais um ano e mais um reencontro desta família iniciada por volta de junho de 1971 em Évora.

48 anos depois, já quase com tantos netos quanto os avós, voltámos ao abraço e às 

recordações dos bons e maus momentos, felizmente quase todos ultrapassados com 

maior ou menor dor e sofrimento.

Com a ausência sempre relembrada dos que demasiado cedo partiram, comungámos da 

sua lembrança e saudade.

É, e continuará sempre a ser, um privilégio ter-vos tido como militares da Companhia 3441, 

que a História e as vicissitudes dos tempos e da política me levaram a comandar em 

circunstâncias que um dia a própria História há de julgar para o bem e para o mal, 

traduzidos na amizade que sobrou e no sofrimento de que todos padecemos.

Não posso deixar de aqui exarar, mais uma vez e  com a emoção de sempre, um enorme 

abraço de agradecimento pela vossa amizade e inestimável contributo para o sucesso da 

campanha que todos fomos compelidos a levar a cabo.

Pedro Cabrita
Ex-capitão miliciano













E porque, volvidos todos estes anos muitos dos que formaram a C. Caç. 3441 desconhece a história do capitão que vos calhou em sorte, deixo-vos um breve documento da minha história.
Esta intervenção teve lugar na apresentação de um livro de um outro companheiro também capitão miliciano, que me deu o privilégio de apresentar o seu livro "Capitães do fim do quarto Império".






sábado, 26 de maio de 2018



26 de maio de 2018

Encontro dos ex-militares da C. Caç 3441

Uma família com quase 47 anos de vida. Quase meio século.
Uma família unida pelas vicissitudes de uma guerra e ainda viva pelos elos 
da solidariedade e indelével sentimento de unidade fraterna dos seus membros.
Cada reencontro é para mim sempre um momento de grande emoção, como aliás acontece quando uma família se reencontra.
Gostaria de deixar claro e bem vivo que vos trago a todos, e desde sempre, no meu mais elevado apreço e consideração.
Nenhum de nós escolheu a guerra mas a guerra acabou por fazer de nós uma unidade que nos congregou para lá dela e fez de todos um só corpo de amigos de que me orgulho.
Bem hajam e... até sempre!

Pedro Cabrita
































Obs. Lamentavelmente os vídeos colhidos no encontro são demasiado pesados para exibir aqui. Aguardam-se mais algumas fotos que outros companheiros recolheram para acrescentar aqui posteriormente.